Notícias de Última Hora

Austrália quer ajudar a Nasa a construir estação espacial usando robôs

Iniciativa pode injetar US$ 200 milhões na economia local e criar 1.500 novos empregos nos próximos cinco anos


Em parceria com a Nasa, o governo da Austrália Ocidental anunciou a abertura de um novo centro de robótica espacial com financiamento global naquele país. A tecnologia que será desenvolvida nas instalações pode resultar em robôs controlados remotamente. Com isso, será possível construir uma estação espacial com a ajuda dessas criações.

"Você quer contruir uma estação espacial orbitando a Lua? Isso será feito remotamente, não será necessário que 100 profissionais decolem até lá para juntar porcas e parafusos", disse Dave Kelly, ministro da Ciência e Inovação. "Quase tudo nas novas missões para a Lua e Marte será operado remotamente, portanto, lançar coisas no espaço é apenas uma parte", completou.


A estimativa do governo local é que a iniciativa do consórcio Australiano de Operações Remotas para o Espaço e a Terra (Arose) seja responsável por injetar US$ 200 milhões na economia local e criar 1.500 novos empregos nos próximos cinco anos.


A ex-astronauta da Nasa e atual diretora da Arose, coronel Pamela Melroy, disse que, quando viu o que a Austrália construiu, ficou impressionada com a tecnologia. "Ficou imediatamente claro para mim que essas tecnologias eram exatamente o que precisávamos para a exploração espacial global", declarou Melroy.



Além do centro robótico, diante da possibilidade de uma próspera indústria espacial australiana, surgiram propostas para a instalação de um centro de lançamento de foguetes nas partes norte e sul da Austrália, mas, até o momento, nada de concreto foi decidido.

Olhar Digital, Via: Futurism