Notícias de Última Hora

‘Mau-caratismo’, diz chefe da OAB sobre fala de Bolsonaro

Santa Cruz diz que Bolsonaro “autoriza a política de bullying que os seus seguidores buscam estabelecer nas redes sociais”

Imagem: Reprodução/Twitter
Felipe Santa Cruz, presidente da Organização dos Advogados do Brasil (OAB), comentou, nesta terça-feira (18), sobre as declarações recentes do presidente da República, Jair Bolsonaro, na parte externa do Palácio da Alvorada.

Ao comentar sobre as denúncias de Hans River do Rio Nascimento contra a jornalista Patrícia Campos Mello, da Folha de S.Paulo, Bolsonaro declarou:

“O depoimento do Hans River, foi final de 2018 para o Ministério Público, ele diz do assédio da jornalista em cima dele. Ela [repórter] queria um furo. Ela queria dar o furo a qualquer preço contra mim.”



Em conversa com a revista Época, Santa Cruz declarou:

“Um absurdo tão grande que estou perplexo. Ele autoriza a política de bullying que os seus seguidores buscam estabelecer nas redes sociais.”

E completou:

“Na verdade quer intimidar as mulheres, os indígenas, os negros e toda e qualquer minoria que busque ter voz no nosso país. É o mau-caratismo institucionalizado. Não é normal, não é aceitável.”


Hipocrisia

Agora, fica a pergunta: E o Lula?

Por quê o senhor Santa Cruz não fez nenhuma manifestação sobre as declarações do ex presidiário, quando este, fez declarações machistas e homofóbicas?


Confira!


Cadê as muie do grelo duro?
Hipócritas!
Posted by Gleyson Araujo on Wednesday, February 19, 2020


Por Gleyson Araujo, com informações do Renova Mídia