Notícias de Última Hora

Manifestações devem ser repensadas, diz Bolsonaro

Bolsonaro fez seu segundo pronunciamento sobre o coronavírus na noite desta quinta


O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta quinta-feira (12), que as manifestações agendadas para o próximo dia 15 de março devem ser repensadas diante do cenário de pandemia do coronavírus.

Em pronunciamento em rede nacional, Bolsonaro disse que os movimentos são “legítimos e espontâneos”, mas alertou para os riscos de contágio:

“Há recomendação das autoridades sanitárias para que evitemos grandes concentrações populares. Queremos um povo atuante e zeloso com a coisa pública, mas jamais podemos colocar em risco a saúde da nossa gente.”


O chefe do Executivo acrescentou:

“Os movimentos espontâneos e legítimos marcados para o dia 15 de março atendem aos interesses da nação. Balizados pela lei e pela ordem, demonstram o amadurecimento da nossa democracia presidencialista e são expressões evidentes de nossa liberdade. Precisam, no entanto, diante dos fatos recentes, ser repensados. Nossa saúde e de nossos familiares devem ser preservados.”

Fonte: Renova Mídia