Notícias de Última Hora

Michelle Bolsonaro vai processar IstoÉ por boato sobre traição

Michelle contratou advogado e deve entrar com ação pedindo indenização por propagação de boato


A primeira-dama Michelle Bolsonaro vai processar jornalistas e publicações que disseminaram boato sobre uma suposta traição.

Várias mídias alinhadas ao Partido dos Trabalhadores (PT) acusaram Michelle de estar tendo um relacionamento extraconjugal com o ex-ministro da Cidadania, Osmar Terra.



A esposa do presidente da República, Jair Bolsonaro, será representada pelo advogado paulista Daniel Bialski.

Em conversa com o jornal Folha de S.Paulo, neste domingo (8), Bialski declarou:

“As pessoas terão a oportunidade de se desculpar com ela. Caso contrário, serão processadas. Ela [primeira-dama] é uma mulher religiosa e correta. Está indignada [com as insinuações].”

O jurista afirma que apresentará uma queixa-crime contra o jornalista Germano Oliveira, diretor de redação da revista Isto É.



Em uma outra ação judicial, Bialski pedirá indenização ao profissional e à revista.

O advogado ainda solicitará a abertura de um inquérito para “descobrir quem ajudou a propagar ofensas à honra, à dignidade e ao bom nome de Michelle Bolsonaro”.


Com informações da Folha