Notícias de Última Hora

Sindicalistas quebram tudo durante votação da Reforma da Previdência de SP (veja o vídeo)

As mudanças entrarão em vigor 90 dias após a publicação da reforma previdenciária

Manifestantes quebrando tudo e tentando entrar na votação da Reforma da Previdência
Nesta terça-feira, 3, uma confusão generalizada aconteceu na Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP), durante a votação que aprovou a reforma da previdência.

Vândalos, travestidos de servidores públicos, quebraram vidros, portas e partiram para cima da tropa de choque da polícia, que estava no local.

Uma vergonha inenarrável.


Os servidores estaduais manifestantes, que protestavam contra as mudanças propostas pela gestão João Dória (PSDB), ocuparam os corredores que dão acesso à entrada para a galeria do plenário, onde o público acompanha as sessões.

Os arruaceiros proferiram ofensas aos policiais e arremessaram biombos, hidrantes e, além disso, portas e cadeiras foram quebradas.



No final a Reforma da Previdência dos servidores de São Paulo foi aprovada em segunda votação na manhã desta terça-feira (3) com 59 votos a favor e 32 contra.

A mudança não precisa de sanção do governador, pois o texto do Projeto de Emenda à Constituição (PEC) veio do Executivo.

Eram necessários 57 votos para a aprovação.


Confira os vídeos de vandalismo:


Com informações do Jornal da Cidade