Notícias de Última Hora

STF rejeita pedidos de Dilma Rousseff para anular impeachment

A decisão do Supremo foi tomada no plenário virtual, em que os ministros votam por meio de um sistema interno de informática

Imagem: Reprodução/STF
O Supremo Tribunal Federal (STF) negou recurso da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) que tentava anular o impeachment que a afastou do Palácio do Planalto.

Dilma foi afastada do cargo em 12 de maio de 2016 e perdeu definitivamente o mandato em 31 de agosto daquele ano.

A defesa de Rousseff contestava decisão do ministro Alexandre de Moraes que, no ano passado, entendeu que o pedido sequer deveria ser julgado, por ter perdido o objeto.


No plenário virtual, o teor dos votos não foi divulgado. Apenas o ministro Edson Fachin, ao acompanhar o relator, fez ressalvas. 

Os demais ministros, à exceção de Celso de Mello, que está de licença, rejeitaram o recurso sem ressalvas. Já o ministro Ricardo Lewandowski se declarou impedido.

Com informações do portal G1