Notícias de Última Hora

Chefe da AGU, André Luiz Mendonça já ‘dormiu’ ministro da Justiça

Assim como Jorge Oliveira, Mendonça se tornou o favorito do presidente Jair Bolsonaro


O secretário-geral da Presidência da República, Jorge Oliveira, deu mais uma demonstração de lealdade ao presidente Jair Bolsonaro. Ele teve uma longa conversa com o chefe e, modesto, afirmou que não seria a melhor escolha para substituir Sérgio Moro. Por isso, como Oliveira na véspera, quem dormiu ministro da Justiça e Segurança Pública, nesta segunda-feira (27), foi o atual ministro-chefe da Advocacia Geral da União (AGU), André Luiz Mendonça.

O ministro da AGU não é íntimo de ministros de tribunais superiores, mas é muito elogiado pelo relacionamento respeitoso que mantém com todos.

Evangélico, André Mendonça é “terrivelmente técnico”, segundo afirmam os amigos. Ele é citado para ocupar vaga de ministro do Supremo.


O combate à corrupção valeu a Mendonça o Prêmio Innovare em 2011 por liderar a recuperação de meio bilhão de reais milhões em três anos.

Ex-chefe da AGU nos governos Lula e Dilma, Luiz Inácio Adams definiu assim o favorito: “André é um profissional experimentado e ponderado”.

Fonte: Diário do Poder