Notícias de Última Hora

Justiça do Paraná concede prisão domiciliar a líder do PCC por causa do coronavírus


O juiz Diego Paolo Barausse, do Tribunal de Justiça do Paraná, concedeu prisão domiciliar a Valacir de Alencar, apontado como líder da facção criminosa PCC no estado.

Valacir foi condenado a 76 anos de prisão por inúmeros crimes, dentre eles tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e porte de armas.



Barausse acolheu a tese defensiva que citava a recomendação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) sobre a soltura de presos em meio à pandemia de coronavírus. O traficante é hipertenso e está no grupo de risco.

Trecho da decisão judicial exarada pelo TJPR | Reprodução
Por Marcos Rocha