Notícias de Última Hora

Leões são flagrados dormindo na estrada de uma das maiores reservas de animais da África


Um grupo de leões foi flagrado dormindo em uma estrada vazia no Parque Nacional Kruger, na África do Sul, depois que os turistas se afastaram por causa da pandemia de coronavírus. Os leões aproveitaram a estrada deserta para se espalhar pela pista na tarde dessa quarta-feira, 15, alguns deitados ao sol e outros à sombra.


A alcatéia foi vista pelo guarda florestal Richard Sowry, perto do Orpen Rest Camp, na fronteira oeste do parque, que está vazia desde que a África do Sul entrou em bloqueio em 26 de março. Enquanto ele tirava fotos dos leões adormecidos em seu telefone, os leões - acostumados a ver pessoas em veículos - não pareciam incomodados.

Sowry disse à BBC: "os Leões estão acostumados com pessoas em veículos. Todos os animais têm mais medo instintivo das pessoas a pé, por isso, se eu tivesse saído, eles nunca teriam me permitido chegar tão perto. A leoa mais antiga do bando tem cerca de 14 anos, o que é muito incomum", acrescentou Sowry. 

Os leões dormiam apenas nas estradas do parque durante as noites mais frias do inverno, quando o asfalto retinha o calor do sol. No entanto, os guardas florestais não querem que os leões pensem que as estradas são seguras apenas porque mal estão sendo usadas por causa do bloqueio do coronavírus.

"Normalmente eles estariam nos arbustos por causa do tráfego, mas são muito inteligentes e agora desfrutam da liberdade do parque sem a gente", disse ele. Os leões preferiam o asfalto duro à grama macia, porque estava chovendo na noite anterior e, portanto, a grama ainda estava molhada.



A África do Sul estendeu seu bloqueio por duas semanas na quarta-feira. O país registrou 2.506 casos do vírus, com 34 mortes registradas.

Fonte: Roma News