Notícias de Última Hora

Na crise, não faltam oportunistas e Gilmar quer posar de defensor do combate à corrupção


Nesse momento difícil, de crise, importante não permitir que alguns se sobressaiam pelo uso descarado do oportunismo.

É o que tenta fazer Gilmar Mendes, na véspera do julgamento de uma eventual suspeição de Moro na condenação do maior corrupto da história do Brasil.

A luta do ex-juiz Sérgio Moro no combate à corrupção, não poderá jamais ser esquecida e precisa sempre ser reverenciada.


Eis o que publicou Gilmar:

“Há muito critico a manipulação da Justiça, por meio da mídia e de outras instituições, para projetos pessoais de poder. A criação de heróis e de falsos mitos desenvolveu um ambiente de messianismo e intolerância. Autoritarismo judicial e político são ameaças irmãs à Constituição.”

E na sequência, publicou isso:

“O combate à corrupção exige a ação de milhares de agentes públicos e o respeito à lei e não a atuação isolada de uma pessoa. Aprendamos: não há solução democrática fora da virtude política. Que a história recente nos reserve um reencontro com o Estado de Direito.”

Percebem a intenção?



Confira:


Fonte: Jornal da Cidade