Notícias de Última Hora

‘Não engoli ainda essa decisão de Alexandre’, diz Bolsonaro

“Quase tivemos uma crise institucional, quase, faltou pouco. Apelo a todos que respeitem a Constituição”, diz Bolsonaro

Imagem: TV Cidade News
O presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a questionar a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, de barrar a nomeação do delegado Alexandre Ramagem como diretor-geral da Polícia Federal (PF).

Bolsonaro disse que o Brasil quase viveu uma crise institucional nesta quarta-feira (29):

“Tirar numa canetada, desautorizar o presidente da República dizendo em impessoalidade…ontem quase tivemos uma crise institucional, quase, faltou pouco. Apelo a todos que respeitem a Constituição. Não engoli ainda essa decisão do senhor Alexandre de Moraes.”



O chefe do Executivo ainda citou a indicação de Moraes ao STF pelo ex-presidente Michel Temer:

“Espero no mínimo rapidez para tomar providência, Não cabe impessoalidade. Como ele foi para o Supremo? Amizade com o Temer.”

Bolsonaro completou dizendo que avalia outros nomes para o cargo na PF caso seja impossibilitado de indicar Ramage:

“Tenho outros nomes, vou entrar em contato. A gente quer que a Polícia Federal faça seu trabalho sem interferência. Quero o mais rápido possível dar tranquilidade pra Polícia Federal trabalhar.”



Confira!


Com informações do portal UOL