Notícias de Última Hora

Pará registra o 7º lugar no ranking brasileiro de isolamento social

Estado marcou a taxa de 62,69%, o segundo melhor índice já alcançado desde o início do monitoramento pela Segup


O Pará registrou, neste domingo (19), o segundo maior índice da linha histórica no percentual de isolamento social desde que o dado passou a ser monitorado. O Estado marcou a taxa de 62,69% entre as federações que mais estão adotando a medida de ficar em casa para combater o novo coronavírus, ficando na 7ª posição no ranking brasileiro. Os dados foram levantados pela Secretaria de Inteligência e Análise Criminal (Siac), vinculada à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), que faz a verificação da taxa diariamente.

"O Pará ficou na 7ª colocação pelo levantamento do isolamento social de domingo, foi uma colocação entre os 10 melhores das unidades federativas, com o percentual acima de 60%, registrando o segundo melhor dia de toda a linha histórica que nós estamos apurando. A melhor média foi 64% no dia 5 de abril. Lembrando que chegar aos 70% é o exigido e o orientado pelos órgãos de saúde, então a gente conta cada vez mais com o apoio da população, verificando que, a cada dia, os paraenses têm compreendido a necessidade do isolamento social", disse o titular da Segup, Ualame Machado.



Os órgãos do Sistema de Segurança Pública atuam, desde o dia 17 até 22 de abril, em razão do feriado prolongado de Tiradentes, nas barreiras de entrada e saída de veículos, fiscalizando e impedindo o tráfego intermunicipal de carros com fins recreativos. A ação ocorre em cumprimento ao decreto estadual que determina o isolamento social.

Municípios

De acordo com o levantamento, ao analisar as cidades paraenses, os melhores índices de isolamento, ou seja, onde as pessoas passaram mais tempo em casa respeitando a quarentena, estão nos municípios de Pau D'Arco (83,7%); Chaves (83,6%); Faro (77,6%); Peixe Boi (75,9%) e Bragança (75,7%).

Já os municípios que tiveram o pior índice de isolamento, ou seja, aqueles onde a população menos permaneceu em casa, estão: Brejo Grande do Araguaia (41,0%); Bom Jesus do Tocantins (44,2%); Cumaru do Norte (49,4%); São João do Araguaia (50,2%) e Conceição do Araguaia (51,0%).



Descentralização

Os municípios de Marabá, Santarém e Breves irão abrigar Hospitais de Campanha para receber pacientes contaminados pela Covid-19. Nessas cidades, a taxa de isolamento esteve em 59,2%, 60,4% e 68,1%, respectivamente.

Belém e Ananindeua - Em Belém, incluindo os distritos, os bairros onde as pessoas mais estiveram dentro de casa no domingo (19) foram: Aeroporto (84,1%); Castanheira (81,1%) e Maracajá (73,8%). Em Ananindeua, os melhores índices foram registrados nos bairros Jaderlândia (82,5%); Jiboia Branca (78,1%) Guanabara (76,8%).

Índices de isolamento por bairro em Belém no domingo (19):
Melhores


Aeroporto 84,1%

Castanheira 81,1%

Maracajá 73,8%

Piores


Pratinha 40,4%

Fidelis 45,8%

Campina 51,4%



Índices de isolamento por bairro em Ananindeua no domingo (19):

Melhores


Jaderlândia 82,5%

Jiboia Branca 78,1%

Guanabara 76,8%

Piores


Geraldo Palmeira 55,2%

Maguari 57,6%

Centro 58,4%

Por Governo do Estado do Pará