Notícias de Última Hora

PGR quer investigar governador do Amazonas por compra de respiradores

Assembleia Legislativa aprovou dias atrás intervenção federal na Saúde do estado

Imagem: Reprodução/Twitter
A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), nesta segunda-feira (27), a abertura de inquérito para apurar a compra pelo governo do Amazonas de vinte e quatro ventiladores hospitalares pelo valor de R$ 2,9 milhões.

Além de não ser adequado para tratamento de pacientes com o novo coronavírus, o equipamento foi adquirido com sobrepreço de 316%, de acordo com o MP de Contas.

Para deixar a negociação ainda mais nebulosa, a venda foi feita por uma adega de vinhos — Vineria Adega –, cuja razão social é FJAP e Cia.



Todo o procedimento de compra foi concluído em 24 horas, desde o envio da proposta, homologação, emissão da nota fiscal e liberação da ordem bancária.

Em nota divulgada no último dia 21, o governo de Wilson Lima afirma que os fornecedores aumentaram o preço diante da pandemia.

Com informações do O Antagonista