Notícias de Última Hora

‘Valeixo saiu a pedido próprio’, diz Eduardo Bolsonaro

Deputado criticou “boa parte da mídia” por insistir em “dizer que foi interferência” de Bolsonaro a demissão de Valeixo


O deputado federal Eduardo Bolsonaro quebrou o silêncio, nesta sexta-feira (24), sobre a exoneração do diretor-geral da Polícia Federal (PF), Maurício Valeixo.

Em mensagem no Twitter, Eduardo disse que o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que Valeixo pediu para ser demitido.

O parlamentar acrescentou que “boa parte da mídia insiste em dizer que foi interferência” de Bolsonaro.



Moro demonstrou repúdio com a exoneração de Valeixo e enfatizou que o delegado não queria deixar o cargo de diretor-geral da PF.

“O grande problema [com a troca] é que estaria claro que haveria ali uma interferência política na PF”, disse Moro.

Confira o tuíte de Eduardo Bolsonaro:


Fonte: Renova Mídia