Notícias de Última Hora

“Omitem o bom, e ou inventam ou aumentam o que há de ruim”, diz Lacombe sobre Globo e Bolsonaro


O mais novo contratado da Rede TV, Luis Ernesto Lacombe, concedeu uma entrevista para o colunista Léo Dias, do portal Metrópoles. Nela, ele comentou acerca do tratamento dado ao presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, pela maior emissora do país, Rede Globo.

Para ele, existe o intuito de derrubar o Chefe de Estado por parte da emissora da família Marinho, e questionou e citou exemplos que achou bastante estranhos no jornalismo da empresa.

“Quando houve a divulgação da reunião ministerial do dia 22 de abril, o Willian Bonner chama um trecho de uma fala do Bolsonaro e diz que durante a reunião o presidente pediu para [Sérgio] Moro que fosse blindado. Aí roda o trecho da entrevista e mostra que Bolsonaro disse ao contrário, que não quer ser blindado” disse ele.


E prosseguiu:

“Cinco minutos depois, Bonner volta e faz a correção: ‘Erramos e, como vimos nas palavras do próprio presidente, ele pediu para não ser blindado’. No mesmo dia, quatro horas depois, no Jornal da Globo, cometem o mesmo erro. Chama o mesmo texto e 15 minutos depois, o repórter corrige” afirmou ele.

O apresentado, que já trabalhou na Globo, ainda disse que ela “praticamente omitem o bom, e ou inventam ou aumentam o que há de ruim”.

Fonte: BR7