Notícias de Última Hora

PT e PCdoB brecam projeto contra desvios de recursos na pandemia


O PT e o PCdoB impediram a votação, na Câmara, de um projeto para duplicar as penas de crimes contra a administração pública durante períodos de calamidade pública, como o atual.


Na semana passada, Rodrigo Maia havia se comprometido em colocar a matéria em votação. O deputado Marcos Pereira, que presidia a sessão, disse ter sido informado de que havia acordo para a votação.

A deputada Jandira Feghali (PCdoB), líder da minoria, no entanto, pediu a palavra assim que o tema foi pautado e negou acordo. Em seguida, o deputado petista Reginaldo Lopes afirmou haver “divergência” no partido em relação ao assunto e também pediu adiamento da votação.

A autora do projeto, deputada Adriana Ventura (Novo), chegou a fazer um apelo aos líderes da esquerda:

“A gente já está chegando ao final da pandemia. Este projeto é para duplicar os crimes contra a administração pública durante a pandemia. Deixa a gente votar, porque muitos recursos estão sendo desviados.”



Não adiantou. Pereira retirou o projeto da pauta após as intervenções de Jandira e Reginaldo.

“Fizemos todo um esforço para votar hoje e a turma da esquerda derrubou”, disse o deputado Jerônimo Goergen (PP), coautor da proposta — ele, inclusive, abriu mão de transformar os crimes em hediondo, justamente para facilitar a votação, que acabou não ocorrendo.

Fonte: O Antagonista