Notícias de Última Hora

Lula diz que visita de Pompeo a Roraima é provocação à Venezuela

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da SilvaFoto: Reprodução - 18.set.2020 / Reuters
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou a visita do secretário de estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, à Roraima nessa sexta-feira (18), e disse que o diplomata só visitou o Brasil para “provocar a Venezuela”.

“Gostemos dele ou não, a Venezuela tem um presidente eleito”, afirmou Lula, em uma entrevista à agência de notícias Reuters. “Os EUA precisam desistir dessa mania de querer ser o xerife do mundo.”


Pompeo se encontrou com imigrantes venezuelanos em um centro de acolhimento de refugiados na Região Norte do Brasil, na terceira parada de uma viagem para a
umentar a pressão pela destituição do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

O diplomata norte-americano também visitou, ao lado do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, um refeitório que atende aos imigrantes.

Pompeo elogiou os esforços h
umanitários do Brasil em receber os cerca de 250 mil venezuelanos que cruzaram a fronteira, dentre os mais de 5 milhões que deixaram a Venezuela em razão da crise política e econômica.

Pompeo critica Maduro

O secretário de estado culpou Maduro por uma "crise criada pelo homem" de proporções sem precedentes na Venezuela, e chamou o presidente venezuelano de "traficante de drogas", em comentários a repórteres em uma base militar em Boa Vista.

“Eles [venezuelanos] quere
m o que todos os seres humanos querem: dignidade. Eles querem uma Venezuela democrática, pacífica e soberana para chamar de lar, onde eles e seus filhos possam encontrar trabalho e viver com essa dignidade. Nós, EUA e Brasil, os apoiamos", disse Pompeo.


A fronteira brasileira com a Venezuela está fechada desde o dia 18 de março, devido à pandemia do novo coronavírus. Com isso, o fluxo de imigrantes que chegam ao Brasil caiu de uma média de 600 por dia para poucos venezuelanos que fazem trilhas para entrar no país.

Antes do Brasil, Pompeo visitou a Guiana e o Suriname, e seguiu rumo à Colômbia ainda nessa sexta.


Fonte: CNN Brasil