Notícias de Última Hora

Presidente da OAB ataca operação da Lava Jato

“Pensam que vão nos intimidar. Não nos conhecem”, alerta o chefe da OAB

Imagem: Eugênio Novaes/OAB
Felipe Santa Cruz, presidente nacional da OAB (Organização dos Advogados do Brasil), partiu para o ataque contra a operação deflagrada, nesta quarta-feira (9), pela Lava Jato.


A ação do Ministério Público Federal (MPF) foi autorizada pelo juiz Marcelo Bretas, titular da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

A operação teve como alvo escritórios de advocacia e denunciou os advogados Cristiano Zanin e Roberto Teixeira, que defendem o ex-presidente Lula da Silva (PT), por suspeita de liderar esquema de fraudes no Sistema S do Rio de Janeiro.

O advogado Frederick Wassef, que já defendeu o presidente da República, Jair Bolsonaro, e seu filho Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), também foi alvo de busca e apreensão.

Em mensagem no Twitter, Santa Cruz disparou contra a Lava Jato:

“Quase todos os advogados importantes do meu estado participaram de uma organização criminosa? Criminoso é o delator, não os advogados! Pensam que vão nos intimidar. Não nos conhecem.”


Santa Cruz foi citado na colaboração premiada de Orlando Diniz, ex-presidente da Fecomercio do Rio de Janeiro.

O empresário disse que Santa Cruz lhe pediu dinheiro “em espécie” para sua campanha à reeleição da OAB do Rio em 2014.

Fonte: Renova Mídia