Notícias de Última Hora

Tramita no Senado proposta para proibir programas policiais em canais de TV aberta das 6h às 22h


Uma proposta que tramita no Senado Federal pode acabar com programar como o do icônico apresentador Sikêra Júnior, que vem fazendo sucesso na Rede TV. A sugestão legislativa (SUG 24/2020) visa proibir atrações policiais consideradas “sensacionalistas” pela TV aberta.


A proposta foi enviada através do portal e-Cidadania e encaminhada à Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH). Apresentada por um usuário da web identificado como Jonas Rafael Rossato, a ideia recebeu o apoio em forma de assinaturas no período de três meses, e ultrapassou a marca das 22 mil.

O intuito da ação é não mais permitir que programas deste tipo irem ao ar do horário das 6h às 22h.

O projeto salienta que as empresas de TV possam realizar produções com outros formatos, mas para aumentar audiência dos telespectadores permanecem em “recorrer a programas que espalham notícias violentas sob pretexto de informar”, alega o cidadão.


De acordo com o autor da proposta, os apresentadores de atrações sensacionalistas proferem narrativas especulativas e agressivas..

“A exibição de programas violentos no horário livre faz com que crianças e adolescentes possam assistir a acidentes, assassinatos, sangue, perseguições e diversas outras atitudes consideradas proibidas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA”, declara Jonas.

Com a informação: Agência Senado