Notícias de Última Hora

VENDAS DE ARMAS DE FOGO SOBEM 200%, MAS HOMICÍDIOS COM ARMAS CAEM AO MENOR PATAMAR EM 21 ANOS


A venda de armas de fogo subiu de 24.663 unidades, no primeiro semestre do ano passado, para 73.985, no mesmo período de 2020. Um aumento de quase 200% no País. Apesar deste aumento, desde o início da série histórica em 1999, o número de homicídios por estas armas atingiram o menor patamar.

Esta situação desmistifica a imagem de que flexibilizações para o porte e a posse no Brasil podem aumentar o índice de mortes. A informação da estatística de homicídios é do Centro de Estudos e Pesquisas em Emergências e Desastres em Saúde (Cepedes).


Recentemente, em pesquisas realizadas na internet, a população mostrou que tem o interesse em ter a liberdade de escolher se quer ter, ou não, uma arma. De acordo com o levantamento, 96% apoiam a posse e o porte.