Notícias de Última Hora

Carol Solberg é advertida por grito de ‘Fora Bolsonaro’

STJD adverte Carol Solberg e a proíbe de gritar 'Fora Bolsonaro'


A jogadora de vôlei de praia Carol Solberg foi advertida em um julgamento virtual do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) realizado nesta terça-feira (13).

A advertência contra Solberg acontece após protesto contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, durante uma entrevista após uma competição nacional em setembro.


A atleta foi condenada por 3 votos a 2, com base no artigo 191 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), por não cumprir regulamento.

A multa estipulada em R$ 1 mil foi convertida em advertência.


Ainda no julgamento, os auditores deixaram claro que a jogadora não poderá voltar a se manifestar politicamente na quadra.

A atleta ainda poderá entrar com um recurso, porém, com a medida, ela fica liberada para participar da próxima etapa do Circuito Nacional.

Com informações da agência ANSA