Notícias de Última Hora

EUA enviam navio de guerra para águas reivindicadas pela Venezuela

EUA realizam "operações de liberdade de navegação de forma rotineira e pacífica em nível mundial"


O governo dos Estados Unidos informou, nesta quinta-feira (1º), que um navio de guerra mobilizado no Mar do Caribe realizou uma nova operação em águas internacionais para conter uma “reivindicação marítima excessiva” da ditadura da Venezuela.

O porta-voz do Comando Sul dos EUA, que dirige as operações militares americanas no Caribe e nas Américas Central e do Sul, declarou:

“O USS William P. Lawrence realizou uma operação de liberdade de navegação para desafiar a reivindicação marítima excessiva da Venezuela em águas internacionais.”

E, acrescentou:

“Realizamos operações de liberdade de navegação de forma rotineira e pacífica em nível mundial, de acordo com o direito internacional.”

O regime de Nicolás Maduro, por outro lado, acusou o Comando Sul de “intenções intimidatórias”, assinalando que o navio de guerra foi mobilizado “na Zona Contígua venezuelana, a 16,1 milhas náuticas da costa. Trata-se de um ato deliberado de provocação, bastante errático e infantil”, criticou o chanceler Jorge Arreaza.


Com informações da agência France-Presse