Notícias de Última Hora

Justiça autoriza uso de força policial para intimar Flordelis a usar tornozeleira eletrônica

Crédito: Fernando Frazão/Ag.Brasil
Há 15 dias que a Justiça fluminense tenta intimar a deputada Flordelis a utilizar a tornozeleira eletrônica, mas, sem sucesso. Diante disso, foi autorizado pela Justiça o uso de força policial para que a mesma seja submetida ao monitoramento eletrônico, determinado pela juíza Nearis Carvalho Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, em 16 de setembro.

Os oficiais de justiça estiveram na residência de Flordelis, em Niterói, no Rio de Janeiro para intimar a ré, mas a mesma não se encontrava no imóvel. Em Brasília, eles alegaram que também não tiveram sucesso.

Flordelis foi denunciada como a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, em 2019. Por ser parlamentar, ela não pode ser presa preventivamente.

A determinação é de que a ré fique em recolhimento domiciliar das 23h às 6h, com exceção de compromisso relacionado ao mandato legislativo e seja monitorada de forma eletrônica, que é feito com uso da tornozeleira.

Processo disciplinar

Na quinta-feira, 1º, o corregedor da Câmara dos Deputados, Paulo Bengtson (PTB-PA), entregou parecer favorável à continuidade do processo disciplinar contra a deputada. Esta medida poderá levar à cassação do mandato de Flordelis.


Fonte: UOL