Notícias de Última Hora

Belém terá Rodrigues (PSOL) e Eguchi (Patriotas) no 2º turno

O candidato da direita foi a grande surpresa no estado

Belém terá Rodrigues (PSOL) e Eguchi (Patriotas) no 2º turno
O resultado das eleições municipais na capital paraense será definido no segundo turno. Edmilson Rodrigues (PSOL) pontuou 34,22%, ante 23,06% do Delegado Federal Eguchi (Patriotas).


Em terceiro lugar, ficou José Priante (17,03%), do MDB, e, em seguida, Thiago Araújo (Cidadania), com 8,09%. Cássio Andrade (PSB) obteve 6,88% dos votos; Vavá Martins (Republicanos), 6,81%; Gustavo Sefer (PSD), 3,16%; Guilherme Lessa (PTC), 0,33%; Mário Couto (PRTB), 0,16%; Cleber Rabelo (PSTU), 0,14%; Dr. Jeronimo (PMB), 0,10%. Em última colocação ficou Jair Lopes (PCO), com 0,02%. Os votos brancos e nulos somam, respectivamente, 3,40% e 5,75%.


O segundo colocado foi a grande surpresa em Belém. Aos 57 anos, o candidato da direita disputou uma única vez um cargo público, em 2018, como deputado federal e conquistou 53 mil votos, não se elegendo à época. Ao longo da disputa à Prefeitura de Belém, ele pontuava entre o terceiro e o quarto colocado. No entanto, o resultado das urnas colocou-o à frente de Priante, candidato oficial do governador Helder Barbalho, que ocupava o segundo lugar na disputa.


Para o próximo dia 29, vão às urnas a extrema esquerda e a direita. O candidato do PSOL Edmilson Rodrigues conseguiu reunir os principais partidos de esquerda em torno de sua candidatura, incluindo o PT, que indicou o candidato a vice-prefeito da chapa.

*Estadão