Notícias de Última Hora

‘Vespas assassinas’ são vistas pela primeira vez nos EUA

Elas podem medir mais de 5 cm e são tão letais que receberam de cientistas o apelido de “vespas assassinas”


Nativas da Ásia, as chamadas vespas gigantes asiáticas — Vespa mandarini — foram vistas pela primeira vez nos Estados Unidos em dezembro de 2019.

Desde então, a sua presença vem provocando alarme entre apicultores e entomologistas norte-americanos, pois este inseto é capaz de dizimar uma colmeia de abelhas em poucas horas.


Estas vespas, que são as maiores do mundo, liberam uma toxina tão potente que pode causar a morte de uma pessoa que tiver levado várias picadas, mesmo se não for alérgica.

Os cientistas não sabem ao certo como estas vespas gigantes asiáticas chegaram aos EUA. 


As vespas gigantes asiáticas chegam a ser três vezes maiores que as abelhas comuns. Elas invadem e ocupam as colmeias, matando as abelhas adultas e devorando as larvas e pupas.

“Com menos de 30 (vespas gigantes), podem dizimar uma colmeia inteira em questão de horas”, observa a bióloga Jenni Cena, do Departamento de Agricultura do Estado de Washington, em entrevista à emissora BBC.