Notícias de Última Hora

Banco do Brasil prevê fechamento de agências e desligamento de 5 mil funcionários

Instituição financeira deve colocar em prática reorganização estrutural ainda neste semestre


O Banco do Brasil (BB) informou, nesta segunda-feira, 11, ter aprovado um plano de reestruturação operacional que prevê, entre outras coisas, o fechamento de 112 agências da instituição pelo País, além da criação de um plano de demissão que deve atingir 5 mil funcionários. As medidas, segundo o banco sinalizou para o mercado, devem ocorrer neste primeiro semestre.

O plano de reorganização prevê a desativação de 361 unidades (112 agências, sete escritórios e 242 postos de atendimento), a conversão de 243 agências em postos de atendimento e oito postos de atendimento em agências, transformação de 145 unidades de negócios em Lojas BB, sem guichês de caixa, relocalização compartilhada de 85 unidades de negócios e criação de 28 unidades de negócios.


“A reorganização da rede de atendimento objetiva a sua adequação ao novo perfil e comportamento dos clientes e compreende, além das medidas de otimização de estrutura descritas acima, outros movimentos de revisão e redimensionamento nas diretorias, áreas de apoio e rede, privilegiando a especialização do atendimento e a ampliação da oferta de soluções digitais”, afirma, em comunicado, o BB. A economia líquida anual estimada por estes movimentos é de R$ 353 milhões em 2021 e R$ 2,7 bilhões até 2025.

“A estimativa do BB é que cerca de 5 mil funcionários venham a aderir aos dois programas de desligamento”, diz o banco.


Com informações de Isto É Dinheiro